5 motivos que tornam Guardiões da Galáxia melhor que Vingadores




O universo cinematográfico da Marvel teve início com o filme do Homem de Ferro e desde então a franquia dos Vingadores se tornou um investimento seguro e rentável para a Marvel Studios, levando os produtores a investir também em filmes solo de cada um dos integrantes do grupo.
Mas, apesar de Vingadores ser considerado o carro chefe da Marvel, Guardiões da Galáxia não fica para trás: o primeiro filme também foi um sucesso não só de vendas, como também de críticas. O primeiro filme foi lançado em 2014 e o segundo no começo desse ano. E apesar de nós amarmos tanto Vingadores quanto Guardiões da Galáxia, aqui vão alguns motivos que tornam este uma franquia muito melhor.


1 – Trilha Sonora


A música é uma grande companheira de Quill durante a narrativa. Parece que o personagem tem a trilha sonora exata para cada momento da vida em sua mixtape. Como não rir e querer dançar junto ao som de Come and get your love? Se possível gostaríamos de chutar algumas criaturinhas também, uma pena elas não existirem no nosso mundo. Além disso, a trilha sonora do filme inclui músicas icônicas como Cherry Bomb de The Runnaways e I Want You Back do Jackson Five.

2 – Quadrinhos


Guardiões da Galáxia traz muito mais proximidade com os quadrinhos em relação a Vingadores. Ambos os roteiros passaram por muitas adaptações para se encaixar no formato cinematográfico, por exemplo, a identidade de Mandarim completamente diferente nos quadrinhos e no filme do Homem de Ferro. O fato é que por manter aberta a possibilidade de desbravar diversos universos e espécies há uma proximidade maior com o mundo dos quadrinhos, que sempre oferece vários caminhos a se descobrir. O roteiro leve e as cores vibrantes também ajudam nessa aproximação.

3 – Protagonistas mais unidos


Diferente dos protagonistas de Vingadores, que se separaram em duas facções durante a Guerra Civil, os personagens de Guardiões da Galáxia são bem mais unidos e trabalham pela vontade de continuarem juntos. Talvez pelo fato de terem lidado com a solidão há um senso maior de constituir uma nova família. Exemplos? Drax perdeu uma filha, Rocket foi um experimento e Gamora nunca conheceu o amor. O laço que os une é tão forte que Gamora não hesitou em tirar satisfações com Quill quando pensou que ele estava abandonando o grupo. Vale lembrar que quem não tem muita familiaridade com os quadrinhos não conhecia os personagens, e em nenhum momento o roteiro deixa a desejar no quesito desenvolvimento individual. Ao contrário de um certo filme da DC, cof cof Esquadrão Suícida, que colocou várias personalidades em cena e não soube desenvolver nenhuma delas bem.

4 – Alcance


Os Vingadores salvaram o país? Os Guardiões salvaram o mundo. E quando os Vingadores salvarem o mundo, os Guardiões terão salvado a galáxia. Os grupos tem alcances diferentes quando se trata de fazer o bem. Por conta disso, os vilões de Guardiões da Galáxia são muito mais poderosos e ameaçadores envolvendo devoradores de planetas e entidades divinas com o poder de desfazer a criação. Ok, em Avengers 4: Guerra Infinita veremos Thanos e um conflito muito maior do que nos outros filmes da franquia, mas mesmo assim Guardiões da Galáxia tem mais possibilidades para trabalhar diferentes mundos e espécies.

5 – Estética


Quando se trata de cinematografia, Guardiões da Galáxia está muito a frente de Vingadores. Locais como Knowhere,  Morag, Kyln e Xandar ficaram tão impressionantes quanto nos quadrinhos. Sem contar nos personagens com suas maquiagens e figurinos, além de objetos de cena que estavam impecáveis. As paletas de cor de cada planeta, espécie e nave foram pensadas nos mínimos detalhes, o que resultou numa obra de arte para nossos olhos.

Fonte:fatosdesconhecidos.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...