7 COISAS QUE VOCÊ NÃO VAI COMPRAR DE NOVO APÓS SABER COMO SÃO FEITAS



1 - Marshmallow

Se você é fã dessas espumas macias e comestíveis, talvez não saiba exatamente como elas são feitas. A verdade é que as indústrias de confeitaria realmente preferem esconder seus processos. As primeiras receitas tinham como base uma flor que possui o mesmo nome, no entanto, ao longo do tempo foram adicionados outros ingredientes. Não é novidade que a gelatina é usada para garantir aquela textura leve, e vale lembrar que ela é feita a partir da fervura de pele e restos de ossos de porcos e vacas que sobram das indústrias de carne. Sim, é isso mesmo...

2 - Sorvete

Você é desses que não dispensa um bom sorvete? Principalmente se ele for de baunilha? Então pode acabar sofrendo uma pequena decepção. No ano de 2013, a revista Time publicou um artigo que dizia o seguinte: "Seu sorvete de baunilha pode realmente cheirar a bunda de castor". Não entendeu? Então vamos lá!
Normalmente, essa sobremesa é feita à base de creme, leite, açúcar e pode conter ovos. No entanto, um ingrediente que acaba passando despercebido por nós é o castoreum... Uma secreção presente no traseiro de castores, usada para impermeabilizar seu pelo. Tal ingrediente é usado para dar o aroma natural da baunilha e de outros produtos, a exemplo de perfumes.

3 - Doces vermelhos

Sabe quando você encontra balas na cor vermelha? Sabor morango, frutas vermelhas, ou coisas do tipo? Pois bem, normalmente elas são feitas à base de um corante nada popular chamado carmine. O ingrediente é produzido a partir do esmagamento de insetos cochonilha. Apenas para que você tenha ideia, é preciso esmagar cerca de 70 mil deles para garantir pouco mais de 500 gramas do corante. Pode parecer estranho, mas para obter aquele tom de vermelho natural e brilhoso, a indústria utiliza de tal artifício.

4 - Produtos de beleza

Não é novidade que diversos produtos de beleza são testados em animais. No entanto, vamos nos concentrar naqueles que possuem o "sebo de carneiro" como diferencial. Normalmente, o ingrediente é vangloriado por hidratar a pele e garantir outros benefícios. Mas você sabe como ele é retirado do animal?
O sebo, também chamado de lanolina, é obtido a partir da exposição de ovelhas e carneiros a temperaturas altíssimas, o que incentiva suas glândulas a produzirem mais sebo dentro de pouco tempo. No entanto, tal método acaba fazendo com que suas glândulas parem de produzir sebo, tornando esses animais "inúteis". Devido a isso, eles acabam sendo abatidos ainda muito jovens. Pensando nisso, é claro que algumas empresas trabalham com métodos alternativos, a exemplo de manteigas vegetais. Por isso, é sempre bom conferir os ingredientes presentes no produto de sua escolha.

5 - Cogumelos enlatados

Os alimentos enlatados sempre despertam nossas suspeitas, mas os cogumelos devem ter uma atenção especial. Eles possuem vermes, literalmente falando. Estima-se que para cada 100 gramas de cogumelos enlatados, seja possível encontrar cerca de 20 vermes. Eles são necessários para que o produto se mantenha conservado, mas imagine só...

6 - Queijos

Se você é um amante de queijos, é importante saber de onde vem um de seus principais ingredientes, o coalho. Esta é uma enzima retirada do estômago de bezerros após serem abatidos. Triste, não é mesmo? Pois é, e ao contrário do que muitos pensam, o ingrediente não está presente apenas no queijo coalho, mas sim na grande maioria dos queijos produzidos. Devido a isso, o mercado já fabrica queijos vegetais, sem a enzima.

7 - Roupas de grife

Mais uma vez, vale lembrar que não estamos falando de modo geral. No entanto, diversas empresas que fabricam roupas de grife já foram acusadas de usarem trabalho escravo em seus processos de produção. Portanto, a dica aqui é estar sempre atento às questões legais da empresa em que você está comprando. Ela pode estar envolvida em algum escândalo do tipo!
fonte: fatosdesconhecidos.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...